5 dicas para te ajudar a encontrar passagens aéreas baratas - etrip

Encontrar passagens aéreas baratas pode ser difícil diante de tantas mudanças na economia brasileira. Quem faz pesquisas certamente está acostumado a se deparar com preços cada vez mais altos por causa da inflação instável, dólar em ascensão e outras interferências que influenciam no valor dos bilhetes.

Apesar disso, é possível encontrar passagens aéreas baratas, entretanto, é preciso usar as estratégias corretas. Uma das melhores alternativas é utilizar sites com programa de cashback — que oferecem de volta parte do dinheiro gasto. Quer conhecer outras dicas que podem ajudá-lo nessa tarefa? Então acompanhe o texto a seguir. Boa leitura!

1. Pesquise em modo anônimo ou privado

Você já deve ter encontrado variações nos preços de voos depois de pesquisá-los algumas vezes. Isso acontece porque, com base nos cookies instalados na máquina, as companhias aéreas aumentam os valores dos bilhetes. A lógica é que, se há alta procura, as passagens podem ser valorizadas.

Por isso, uma boa ideia é procurar voos no modo anônimo ou privado. Como os cookies são redefinidos sempre que se abre novamente uma janela anônima, há mais chances de ver opções melhores. Além disso, para que as buscas anteriores não sejam lembradas, feche as janelas de navegação anônima e abra uma nova antes de fazer a pesquisa.

2. Use comparadores de preços

Existem ferramentas especializadas em encontrar os melhores preços de passagem com base em pesquisas em diferentes companhias aéreas. Alguns comparadores permitem fazer buscas do tipo open jaw (com a ida para um destino e a volta de outro local) e stopover (quando é possível ficar alguns dias no ponto de escala).

Uma boa prática após a comparação de preço é verificar se a companhia aérea não oferece a mesma passagem por um preço melhor, já que os parceiros, normalmente, incluem taxas de comissão. De qualquer forma, é importante ficar atento ao momento da compra, que pode trazer outras inclusões, aumentando os valores.

3. Use site que ofereça programa de cashback

Nada como ter parte do que se gastou nas passagens de volta em forma de descontos para novos bilhetes, não é mesmo? E isso é possível em site que oferece programa de cashback, conforme falamos no início deste post. Portanto, procure sempre usar esse recurso para encontrar  passagens aéreas mais baratas e ter mais vantagens!

4. Identifique o dia mais barato para voar

Uma pesquisa da CheapAir confirma a crença de que terças e quartas-feiras são os dias mais baratos para voar. Mesmo assim a melhor estratégia é ter uma ampla visão dos preços durante um mês inteiro. Com isso, é mais fácil ver quais os dias são mais baratos para o trajeto que se busca.

5. Seja flexível nas datas

Ser flexível nas datas pode fazer uma grande diferença. A pesquisa da CheapAir indica que as passagens ficam mais caras cerca de 14 dias antes do voo para viagens nacionais, e entre 11 e 12 semanas nas internacionais. Com base nessas e outras características, é importante se programar para comprar as passagens antecipadamente.

6. Compre com antecedência

A CheapAir ainda analisou 560 milhões de buscas de voos e concluiu que o ideal é comprar bilhetes domésticos com, em média, sete semanas de antecedência. Para voos internacionais, a sugestão é antecipar a compra em outras três a sete semanas.

Embora não haja um dia em particular que seja melhor para comprar, fazer as reservas muito próximo da data da viagem tem grandes chances de custar mais caro. Como é comum que os preços subam nas duas semanas antes do voo (ou três a seis meses para trechos internacionais), a compra com antecedência deve considerar esse prazo.

7. Seja flexível com a origem e o destino

Muitas cidades têm mais de uma opção de aeroporto. Como cada um deles tem suas próprias taxas, isso pode fazer a diferença nos preços dos bilhetes. Além disso, pode valer a pena também pesquisar aeroportos em cidades próximas. Afinal, quanto mais opções, maior a probabilidade de encontrar voos econômicos.

O mesmo raciocínio se estende para o destino. Portanto, se for viajar para diferentes cidades, mas ainda não tiver definido quais são elas, é interessante pesquisar quais são as mais baratas a partir da sua origem. Lembre-se, ainda, de verificar o trajeto do aeroporto ao hotel: esses custos devem ser considerados antes da tomada de decisão.

8. Opte por voos com conexões

Os voos com conexões geralmente são mais baratos, mas é preciso lembrar que demandam mais tempo para chegar ao destino. Se isso não for um problema, vale a pena optar por eles. Assim, é possível ter uma economia de até 30% em relação a voos diretos.

9. Inclua um stopover na viagem

Uma boa ideia pode ser fazer um stopover. Em alguns casos, é possível encontrar opções que incluem outros destinos e ainda oferecem preços mais interessantes. Com a economia, é possível incluir outras localidades no roteiro de negócios da viagem corporativa.

10. Atente-se aos erros das companhias aéreas

Outra dica importante é acompanhar os sites especializados. Eles têm robôs que buscam alterações de preços e promoções, e divulgam para os usuários. Desse modo, quando as companhias aéreas cometem erros na atualização de preços, quem for suficientemente rápido tem grandes chances de comprar bilhetes por preços incríveis.

11. Procure empresas de baixo custo

Em muitos países, é possível voar com companhias de baixo custo. Na Europa, há uma grande concentração delas: as principais são Easyjet e Ryanair. No entanto, geralmente, refeições (e até um copo de água) e despacho de bagagem são pagos separadamente.

12. Voe apenas com a mala de mão

Cada vez mais empresas cobram para despachar bagagens. Por causa disso, viajar apenas com a mala de mão, embora seja um grande desafio, pode garantir uma economia importante no preço da passagem. Vale lembrar que o tamanho máximo da mala normalmente considera a soma das suas dimensões e não pode superar os 115 cm. Em relação ao peso, no Brasil o limite é de até 10 kg, mas no exterior costuma ser limitado a 5 kg.

13. Assine newsletters

Assinar as newsletters de empresas aéreas e sites especializados é uma das formas mais fáceis de se informar sobre as melhores ofertas disponíveis em passagens aéreas. Com elas, o usuário passa a receber promoções, dicas e ofertas diretamente na caixa de e-mail.

Por fim, além dessas dicas para encontrar passagens aéreas baratas, é importante considerar também:

  • criar, no início do ano, um calendário de viagens corporativas;
  • cadastrar-se em programas de fidelidade para acumular milhas. O ideal é se concentrar em apenas um deles;
  • aproveitar eventuais promoções de última hora com bons preços. Geralmente, companhias aéreas como a Gol e Latam oferecem passagens promocionais às sextas-feiras;
  • economizar com o serviço Milhas & Money. Nele, é possível utilizar as milhas e pagar a diferença com dinheiro;
  • evitar períodos de alta temporada, como férias no verão, datas comemorativas e feriados.

Encontrar passagens aéreas baratas requer uma pesquisa constante e bastante atenção para buscar as melhores opções. Assim, aproveite principalmente a ideia de adotar um programa de cashback que permita que parte do valor gasto retorne para você!

Gostou das dicas? Então visite nosso site e acompanhe, na área de economia para a sua empresa, outras formas de conseguir encontrar passagens aéreas mais baratas para a sua organização!