Saber como gerar economia é uma obrigação para as empresas na atualidade. Afinal, com mercados cada vez mais competitivos, alta carga tributária e altos custos dos negócios, ganha aquele empreendimento que sabe como reduzir gastos a fim de convertê-los em investimentos estratégicos. 

Pensando nessa questão, reunimos alguns passos que o ajudarão a fazer um racionamento de gastos desnecessários. Confira! 

Como gerar economia na sua empresa

1. Terceirize alguns serviços

Você já parou para pensar no alto custo que tem um funcionário para a sua empresa? É salário, INSS, férias, 13º, fora os benefícios com transporte, refeição, plano de saúde etc. Tudo isso onera bastante o orçamento de uma empresa!

Os serviços que não fazem parte da sua atividade podem ser terceirizados, provendo um maior controle econômico para o negócio. Todos os custos, tanto do serviço quanto da equipe que o executará, já estarão embutidos no valor pago à prestadora, o que costuma ser bem mais econômico do que manter funcionários próprios para executá-los.

2. Automatize as tarefas 

Algumas tarefas podem ser facilmente automatizadas, evitando a repetição e, consequentemente, diminuindo os seus custos. Quer um exemplo? Imagine que você tenha um funcionário apenas para fazer o controle de viagens corporativas — isso pode significar uma perda de tempo e dinheiro. 

Hoje, já existem sites de empresas especializadas em organização de viagens corporativas. Eles trazem diferenciais como a busca pelos melhores preços de hospedagem, passagem aérea e até de locação de veículos. Ao automatizar o processo, você não precisará contar com um funcionário especificamente para isso, além de trazer maior segurança às suas reservas e agilidade em todo o processo. 

3. Reveja os fornecedores

Os seus fornecedores de fato representam a melhor opção do mercado? É preciso estar constantemente atento aos contratos firmados, pois o mercado está mudando com rapidez e o fornecimento precisa acompanhar as novidades.

Embora manter um contrato fiel com um fornecedor possa oferecer uma série de vantagens para o seu negócio, é sempre bom estar atento à concorrência. Observe os preços praticados e a qualidade do produto ou serviço oferecido. Se encontrar uma opção mais vantajosa financeiramente, e que não interfira na qualidade do que você entrega ao seu cliente, não hesite em trocar.

4. Evite desperdícios 

Um dos maiores vilões dos gastos de uma empresa é justamente o desperdício. Papel, luz, uso errado dos recursos de produção, excesso de estoque, telefonia, internet… Poderíamos fazer uma lista gigantesca de materiais e serviços que sofrem com desperdício diariamente. 

É muito importante que a empresa crie a consciência entre a equipe sobre a necessidade de evitar os desperdícios. No entanto, é preciso adotar ferramentas que contribuam para cortar gastos, como lâmpadas que demandam menos energia, reciclagem de materiais, uso consciente de matérias-primas etc. 

5. Treine a sua equipe 

Como foi dito, a participação da equipe é fundamental para que a empresa possa economizar. Portanto, promova treinamentos para que ela saiba como usar corretamente os recursos disponíveis, mas também espalhe campanhas pela empresa com dicas de boa conduta em relação ao uso dos recursos. 

Isso não só incentivará os funcionários a adotarem uma postura mais consciente, como ajudará a própria equipe a fiscalizar os colegas e sugerir mudanças. Com certeza, a ação fará uma grande diferença para o seu negócio. 

Gerar economia dentro de uma empresa não é uma tarefa complexa, basta seguir as dicas certas. Tais mudanças aumentam não só as chances de o negócio crescer, mas também de ele se tornar mais competitivo. 

Agora, que tal compartilhar este artigo nas suas redes sociais? Assim, você contribui para que outros empreendedores aprendam a economizar!