Qualquer viagem, seja de lazer, seja de negócios, exige uma preparação. Principalmente se ela for internacional. Imagine chegar em um país que você não conhece e perceber que não levou os documentos necessários para passar na imigração? Uma situação terrível, certo? É justamente por isso que a checklist para viagem internacional é tão necessária.

Com ele, o viajante consegue programar uma viagem com muito mais segurança, já que a checklist destaca tudo o que é essencial. Com isso, o viajante não esquecerá os documentos e itens essenciais.

Se você chegou até este artigo, é bem provável que esteja programando uma viagem internacional, não é? Saiba que está no lugar certo. Abaixo listamos os itens indispensáveis e que você deve levar em consideração durante sua programação.

Leve o passaporte

“Impossível esquecer isso!” Se esta foi a frase que passou na sua mente, saiba que não é bem assim. Muitas pessoas ficam muito empolgadas com a possibilidade de conhecer outro país. A empolgação é tanta que elas acabam esquecendo o essencial: tirar um passaporte.

Para emitir o documento, você deve entrar no site da Polícia Federal, verificar os documentos necessários, preencher um formulário, pagar uma taxa, agendar o atendimento pessoal, comparecer ao posto de atendimento e retirar o documento no dia indicado pela PF.

Emita o visto

Países do Mercosul, como Argentina, Chile e Peru, não exigem a solicitação de visto prévio. Contudo, outros países sim. Por isso, é muito importante que você entre no site do consulado no país que você deseja visitar e veja quais são as instruções para solicitar o visto. É essencial fazer isso com alguns meses de antecedência da viagem, pois o processo pode demorar.

Tenha permissão internacional para dirigir

Em muitos países, o viajante terá diversos benefícios com a locação de veículo. Ele pode, por exemplo, economizar com serviços de Táxi, Uber etc., e terá ainda muito mais liberdade. Sendo assim, a recomendação é que ele tenha a permissão internacional para dirigir. O documento deve ser solicitado no Detran de cada estado.  

Tome todas as vacinas

Diversos países exigem o certificado internacional de vacina, e você precisará descobrir se o país que deseja viajar exige que o turista tenha tomado determinado tipo de vacina. Saiba que é muito simples descobrir a informação.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informa, em seu site, quais são as vacinas exigidas em cada país. Basta acessar, colocar o país que será visitado e pronto. Você terá a informação que deseja.

Leve um dicionário da língua

Não falar a língua local pode dificultar um pouco a viagem. Só que isso pode ser rapidamente solucionado com um dicionário da língua local ou até mesmo com um aplicativo, como o Google Tradutor. A recomendação é que você tenha os dois. Caso o celular, por exemplo, acabe a bateria, você pode recorrer ao bom e velho dicionário físico.

Faça um seguro viagem

Absolutamente ninguém quer pensar na possibilidade de ficar doente durante uma viagem. Ou que pode ter sua mala extraviada e ser furtado. Só que, infelizmente, essas situações podem sim acontecer, e você deve se prevenir.

A maneira mais simples é contratando um bom seguro viagem. Faça a cotação online, veja quais são os planos que mais atendem às suas demandas e contrate um. Entenda que o dinheiro gasto com seguro não será perdido. É um investimento que pode render bons frutos caso você enfrente uma situação complicada.

Troque o Real pela moeda local

Antes de viajar, ou até mesmo ao chegar no aeroporto do destino, a dica é que você troque uma determinada quantidade de Real pela moeda local. Sabemos que, atualmente, muitas pessoas usam cartão de crédito/débito e não querem andar com cédulas de dinheiro.

Só que, em muitos países, diferentemente do Brasil, vários lugares não aceitam cartão. Além disso, ter uma reserva de cédulas pode ser interessante para caso algum imprevisto ocorra. Por isso, não se esqueça de realizar o câmbio e guardar seu dinheiro em um lugar seguro dentro da mala ou da bolsa.

Tire um cartão de crédito internacional

Ter um pouco de dinheiro em cédulas é ótimo, mas você não deve se esquecer de levar um cartão de crédito internacional. Em alguns casos, não é necessário solicitar um, basta entrar em contato com o seu banco e solicitar que o seu cartão seja habilitado na função internacional.

Invista no aluguel de carro

Como mencionamos no item “permissão internacional para dirigir”, a locação de carro é uma ótima opção para quem viaja a negócios. Isso permite que o viajante se locomova com mais tranquilidade, pois não ficará refém de táxi e transporte público e ainda conhecerá melhor o destino.

Conte com uma agência de viagens online

Programar uma viagem corporativa e internacional não é uma tarefa simples. Isso porque, muitas vezes, o viajante não conhece o destino e precisa decidir qual o melhor hotel, a passagem com melhor custo-benefício, entre outras opções.

Diante disso, a opção mais recomendada é contar com a ajuda de uma agência de viagem online. Isso porque a agência permite que o viajante encontre todos os serviços, como passagem, hospedagem, seguro viagem e locação de veículos com preços muito mais competitivos.

A agência também permite que ele tenha acesso a um relatório online dos custos da viagem e isso é muito vantajoso, uma vez que o viajante deverá realizar a prestação de contas com a sua empresa. Ele ainda terá um controle maior dos gastos, com todas as notas que os comprovam.

Para finalizar, é importante mencionar que a checklist para viagem internacional é apenas uma parte de todo o planejamento da viagem. Há outras questões que devem ser levadas em consideração para, de fato, realizar uma viagem com segurança.

Uma das questões é a política de viagens internacionais, algo que toda empresa deveria ter para promover viagens com custo reduzido e também com qualidade. Não sabe do que se trata?

Sem problemas. Se você curtiu saber mais sobre checklist para viagem internacional, nosso artigo sobre como elaborar uma política para viagens internacionais também será interessante. Confira!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *