Desde a mudança de regras, a taxa de bagagem desperta uma série de dúvidas em quem está com passagem comprada. De fato, como cada companhia tem autonomia para estipular alguns valores, você precisa avaliar o que mais compensa no fim das contas.

O grande segredo, no entanto, está em conhecer bem as regras e se preparar com antecedência para não perder o voo por problemas na hora de passar pelo raio-X ou pelo balção de embarque. Só assim será possível economizar sem se preocupar em deixar o conforto de lado.

Quer saber mais? Neste artigo, vamos tirar todas as dúvidas sobre a taxa de bagagem nas passagens áreas. Acompanhe!

Limites para bagagem de mão

Com tantas mudanças nas regras de bagagem nos últimos anos, é muito comum encontrar passageiros com dúvidas sobre o assunto. Antes de explicar os limites, você deve compreender como funciona a bagagem de mão. Esse é o volume que não precisa ser despachado no balcão da companhia área.

Portanto, a mala pode ir com o viajante na cabine do avião. Essa possibilidade independe da tarifa adquirida. Vale desde as promocionais até os valores mais altos. Conforme as medidas desse tipo de bagagem, existe a possibilidade de acomodá-las embaixo da poltrona da frente. No entanto, tudo depende das recomendações de cada companhia.

Bagagem de mão em voos nacionais

As permissões da bagagem de mão passaram a ser padronizadas entre as companhias brasileiras em 2019. A maioria permite levar uma mala dentro dos limites estipulados e uma bolsa ou mochila com tamanho adequado. Veja, a seguir, como funcionam as regras da Latam, da Gol e da Azul:

  • mochila, bolsa ou outro objeto pessoal: as medidas são 35 x 20 x 45 cm;
  • mala de mão (alça, rodinhas e bolsas): máximo de 10 kg, com 35 x 25 x 55 cm.

Bagagem de mão em voos internacionais

Ao contrário do que muita gente pensa, a principal diferença das regras de bagagens entre os voos nacionais e os internacionais não está nas medidas permitidas. A mudança é a possibilidade de transportar líquidos. Em relação ao tamanho, todas as exigências são iguais aos voos realizados no Brasil.

Lembre-se de que as restrições em relação aos líquidos valem também para os passageiros que passam por áreas internacionais, mesmo que estejam apenas em conexões. De acordo com as cartilhas da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), unidades de xampus, cremes, condicionadores e outros itens de higiene podem ser levados sem problemas na bagagem de voos domésticos.

Já no embarque internacional, a regra permite apenas carregar 100 ml por embalagem. A principal recomendação aqui é comprar fracos de líquido para viagem que já têm os tamanhos adequados e não apresentam rótulos. Um fator muito importante é se preparar com antecedência para não ter os itens apreendidos, já que a fiscalização em relação a isso costuma ser bastante rigorosa na chegada ao raio-X.

Valores cobrados por despacho

De acordo com as regras em vigência atual, as empresas de aviação podem oferecer passagens com valores separados do despacho de bagagem. Dessa forma, cada companhia faz suas próprias taxas. Veja a seguir como funcionam as taxas das principais empresas aéreas.

Latam

Em voos nacionais, é cobrado o valor de R$ 59,00 por uma bagagem de até 23 kg, quando solicitada antecipadamente em bilhetes das categorias Promo e Light. Quando comprado no balcão do aeroporto, o valor sobe para R$ 120,00. Já a tarifa Top inclui o despacho de duas malas de até 23 kg.

Para os trechos internacionais as regras costumam variar bastante conforme o destino comprado. Antes de tomar a decisão de comprar passagens, confira sempre a tabela de preços disponível no site da companhia para evitar problemas de última hora.

Gol

Uma bagagem de até 23 kg é despachada mediante o pagamento de uma taxa no valor de R$ 120,00 para viagens internacionais e nacionais. Isso quando o pedido de compra acontece no balcão da companhia.

Aos passageiros que compram a tarifa Plus, é permitido o transporte da primeira bagagem de até 23 quilos. Nas categorias Max e Premium Economy, são permitidas duas malas de até 23 kg em viagens internacionais.

Azul

Existem dois sistemas de cobrança de taxa de bagagem na companhia. O Mais Azul libera até 23 quilos, e o Azul cobra R$ 60,00 pela compra prévia da bagagem. Já quem preferir fazer isso no aeroporto, precisa desembolsar R$ 120,00. As regras, no geral, também são diferentes para embarques com destino aos Estados Unidos, Europa e países da América do Sul.

Regras do excesso de bagagem

A cobrança por excesso de bagagem é uma preocupação de quem viaja constantemente. Quando se trata de deslocamentos corporativos, então, a situação ganha divergências agravantes pelos valores fora do planejado. Por conta disso, é muito importante ficar por dentro das regras para fazer a mala de maneira adequada.

  • Latam: voos nacionais com excesso de peso de 23 kg a 32 kg, a taxa é de R$ 175,00. De 32 kg a 45 kg excedidos, o valor é de R$ 350,00;
  • Gol: a companhia faz cobrança de acordo com o peso excedido. Em viagens nacionais, a taxa é a partir de R$ 25,00, e em internacionais é de R$ 40,00;
  • Azul: é cobrada uma taxa de R$ 220,00 por mala que exceder os 23 kg permitidos.

Alternativas para economizar

Só quem já se viu despreparado diante de um problema com despacho ou peso de bagagem sabe que é um momento repleto de tensão. Para evitar que isso aconteça e ainda economizar na franquia de bagagens, leia todas as regras da companhia antes de efetuar a compra da passagem.

Assim, fica muito mais fácil se preparar com a quantidade adequada de roupas e acessórios, conforme os dias de viagem. Da mesma forma, é muito melhor efetuar pagamentos de maneira antecipada sem precisar fazer alterações no orçamento por causa de imprevistos na hora do raio-X.

Pronto! Agora você já conhece as regras da taxa de bagagem. O mais importante é marcar todos os custos extras com antecedência para não ser pego de surpresa. Uma boa dica, nesse caso, está em adquirir as passagens com bagagens incluídas. Ao colocar tudo na ponta do lápis, o custo-benefício é notável.

Gostou das dicas e informações deste artigo? Então, assine nossa newsletter e fique por dentro dos nossos conteúdos exclusivos!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *