Você já parou para pensar os milhões de pessoas que viajam mensalmente em todo mundo? Fica até difícil dimensionar tal número, mas podemos ter uma ideia do impacto que isso causa no ambiente como um todo. Apesar de ser algo essencial para a economia, as viagens interferem nos ecossistemas e isso deve ser considerado antes de iniciar uma jornada. Com a proposta de atenuar tais efeitos, surgiu o turismo sustentável. 

Neste artigo, você conhecerá mais sobre essa tendência, mas também sobre os seus benefícios e boas práticas para se tornar um turista mais consciente. Continue a leitura e descubra mais sobre o assunto!

O turismo sustentável e como colocá-lo em prática 

Em uma era em que a sustentabilidade é uma das principais preocupações mundiais, os setores que movem a economia precisam se adaptar para continuar atendendo às demandas da população, sem prejudicar o meio ambiente.

Diante disso, a Organização Mundial do Turismo define o termo turismo sustentável como um tipo de turismo que considera seus impactos econômicos, sociais e ambientais tanto atuais quanto futuros, atendendo às necessidades não só daqueles que se propõem a visitar, mas também da indústria, meio ambiente e comunidade anfitriã.

Entre os seus principais objetivos está a manutenção de um alto nível de satisfação, garantindo uma experiência significativa na vida dos turistas, mas, também, conscientizando-os sobre as questões ligadas à sustentabilidade e práticas que promovam tal relação.

Diante disso, a própria OMT definiu algumas diretrizes para aqueles que querem adotar tal estilo de vida em suas próximas viagens, entre as quais podemos destacar:

  • a otimização no uso dos recursos ambientais, mantendo sempre a consciência ecológica, sempre focada na questão da biodiversidade;
  • o respeito às comunidades anfitriãs e seus laços culturais, preservando a herança construída, bem como os seus valores tradicionais; 
  • a garantia de operações econômicas viáveis e de longo prazo, que favoreça o todo de maneira justa, ou seja, garanta um maior equilíbrio socioeconômico.

Características fundamentais

Diante das definições dadas pela OMT podemos inferir algumas características cruciais que identificam uma atividade turística sustentável. A primeira delas é o atendimento aos anseios tanto do turista quanto dos locais que o recebem. Ou seja, quando se fala de sustentabilidade, também é importante destacar o relacionamento para o desenvolvimento da atividade de maneira que todos os envolvidos estejam cientes sobre o seu papel. 

Outra característica essencial é que as ações são economicamente viáveis, além de justas em termos sociais e ecologicamente correta. Isso nos leva ao fato de que para uma viagem ser considerada sustentável deve haver uma preocupação em consumir o mínimo e conservar os recursos naturais. Além disso, a adoção de uma prática turística que não seja feita em massa também é um aspecto relevante.

Dicas para definir uma viagem mais sustentável

Depois de conhecer as principais características do turismo sustentável, você deve estar pensando: mas como colocar isso em prática? A primeira dica é escolher uma empresa especializada que possa oferecer todo o suporte necessário à sua jornada. É fundamental que os serviços dela sejam certificados no âmbito sustentabilidade, por exemplo. Esse é o primeiro passo, saiba quais são os outros a seguir!

Faça uma pesquisa

A hospedagem é um dos maiores causadores de poluição quando falamos sobre o turismo. Portanto, antes de escolher por um hotel, pousada ou qualquer outro tipo de acomodação é necessário fazer uma pesquisa minuciosa sobre a localização, serviços e características do espaço.

Além disso, busque informações a respeito da hospedagem no sentido de minimização do impacto (uso de reciclagem, por exemplo), fornecimento de experiências ecologicamente corretas, consciência e respeito à cultura local e ao próprio ambiente, entre outros. 

Respeite a cultura local

O respeito à cultura local também parte da prática de turismo sustentável. Fazer uma análise prévia do local ajudará nesse sentido. Algumas metodologias e cuidados são essenciais, por exemplo, sempre pedir consentimento quando quiser tirar fotos com moradores locais, não fotografar em locais sem permissão, vestir-se de acordo com os costumes locais, (regra especialmente válida para templos religiosos e locais sagrados), ser consciente nas negociações quando se trata de compra de produtos locais. 

Assim, procure sempre estar atento aos costumes locais para não desrespeitar ou mesmo interferir em algo que faz parte da cultura daquelas pessoas. Lembre-se sempre de que da mesma maneira você gostaria de ser respeitado, essas pessoas também almejam a mesma coisa.

Preserve os recursos naturais 

Quando falamos sobre turismo sustentável não podemos deixar de lado a questão ecológica. É importante ter respeito com a vida selvagem e preservar os recursos naturais. Por isso, produza a menor quantidade de lixo e, se possível, envie o que puder à reciclagem 

Não se esqueça do cuidado com os animais e também com a flora no entorno. Evite realizar passeios que tenham animais como atração, mas também não colete conchas, mudas, plantas para não afetar o ecossistema local. Sempre lembre do cuidado com a natureza.

Priorize produtos e serviços locais

Outra dica para o desenvolvimento do turismo sustentável é priorizar os produtos e serviços locais. A atividade turística também preza por estimular a economia local, portanto, prefira consumir de lojas, restaurantes e outros estabelecimentos que são gerenciados por moradores. Caso seja necessário consumir de redes internacionais de comércio, veja se há emprego para os locais, se as condições de trabalho são boas, uma pesquisa simples é capaz de dar tais respostas.

Todas essas dicas podem ser inclusive aplicadas a viagens corporativas. As empresas que buscam valorizar a sustentabilidade turística ajudam a promover uma consciência entre os seus colaboradores de preservação não só do ambiente, mas também da cultura local. Inclusive, vale a pena lembrar que tal ação reflete positivamente na imagem da marca, algo essencial para se estabelecer com confiança entre os consumidores. 

O turismo sustentável requer a participação informada de todas as partes interessadas relevantes. Tal ação é um processo contínuo e precisa do monitoramento constante dos impactos, introduzindo as medidas preventivas e corretivas, quando necessário. Como mostramos, há uma série de ações que devem ser implementadas pelas pessoas e empresas que querem incentivar a prática, como a priorização de produtos locais e a redução na produção de lixo.

Esperamos que você tenha gostado desse artigo. Quer continuar acompanhando as novidades? Não deixe de nos seguir nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *