Conhecer as diversas opções de hotéis para poder oferecer as melhores alternativas aos colaboradores que realizam viagens corporativas faz parte das atribuições do gestor de viagens de uma empresa, que deve avaliar a praticidade e o conforto.

Além disso, tal análise o ajudará a aprender como economizar com alimentação em viagens, visto que esse é um dos gastos mais onerosos de um orçamento.

Neste artigo, você aprenderá como realizar um planejamento de economia eficiente e como aplicá-lo ao cotidiano de viagens corporativas de sua empresa. Confira os tópicos a seguir e aprenda a manter o orçamento para deslocamentos dentro do preestabelecido! 

Dicas para economizar com alimentação em viagens

Economize no deslocamento

A escolha de um hotel bem localizado pode contribuir para economizar com a alimentação. Isso se deve ao simples fato de ele estar posicionado próximo de um centro comercial, o que facilita o cotidiano do viajante. Tais centros costumam contar com uma rede variada de restaurantes, padarias, lanchonetes e supermercados. 

Em grandes metrópoles, a localização representa uma grande economia. Visto que o colaborador não precisará gastar com transporte, especialmente o particular, que muitas vezes é usado nesses tipos de viagens e costumam comprometer uma boa fatia destinada ao orçamento. 

Portanto, dar preferência a hotéis próximos de estabelecimentos de alimentação ou que contem com esse tipo de serviço internamente é sinônimo de redução de gastos.

Otimize o tempo 

Falando nisso, outra vantagem de escolher um hotel que conte com um sistema de alimentação próprio ou mesmo que seja perto de restaurantes é a otimização do tempo. No caso de viagens corporativas, quanto menor o tempo gasto em deslocamentos ou mesmo procurando um local para a alimentação, mais otimizado se torna o roteiro e melhor a mobilidade

Consequentemente, a viagem pode ser programada para um tempo menor, o que evita gastos desnecessários ao orçamento da viagem. Por exemplo, uma jornada que seria feita em 4 dias pode ser reduzida para três, se o tempo for utilizado com sabedoria. Portanto, nesse caso é importante planejar os compromissos a fim de que eles se completem. Assim, os funcionários saem no lucro, por poderem fazer as suas tarefas em menos tempo, e a empresa ganha por economizar com uma jornada menor. 

Busque conforto e praticidade 

Contar com uma hospedagem que permita fazer todas as refeições no mesmo local não é só mais confortável, mas também prático para o colaborador. No primeiro caso, ele poderá ficar no conforto do hotel e desfrutar, por exemplo, do serviço de quarto. Para quem tem jornadas de viagem estressantes, isso é especialmente importante, pois não será preciso se preocupar em encontrar um local para se alimentar. 

Praticidade é algo que todo viajante deseja, certo? Imagine em uma viagem a trabalho ainda ter que fazer reservas e se deslocar até o estabelecimento. Além de levar tempo, isso não é nada prático. Portanto, um hotel que ofereça tal serviço em seu pacote é mais vantajoso nesse sentido. 

Valorize a saúde 

Geralmente, uma hospedagem com alimentação inclusa promove refeições mais saudáveis, se comparadas com as dos hóspedes de outros hotéis. Quando não há a possibilidade de comer dentro do hotel, o viajante vai procurar uma opção mais prática e que permita fazer todas as tarefas que estão sob a sua responsabilidade.

Consequentemente, isso o levará a consumir lanches em fast-food, por exemplo. Além de não ser saudável, o consumo desses alimentos pode diminuir o bom desempenho no trabalho, o que pode sair caro para a empresa, que precisará oferecer assistência médica durante uma jornada. Portanto, optar por uma hospedagem com alimentação permitirá ao viajante alimentar-se com frutas, legumes e refeições mais naturais, mantendo a saúde em dia.

Reduza custos

Existem hospedagens com serviços de alimentação desde café da manhã até lanche, almoço e jantar incluso em um pacote. Para isso, ele paga uma diária mais cara do que um hotel convencional da mesma categoria. 

Você deve estar se perguntando, mas onde está a economia? Se considerarmos os custos de alimentação de algumas cidades, bem como o deslocamento até os restaurantes, o sistema vale bem mais a pena. Isso porque, ao somar todos os custos do hotel convencional e os gastos por fora com alimentação, em muitos casos, o total ultrapassará o preço da diária do modelo citado de hospedagem.

Preze pela segurança 

Nenhuma empresa deseja ter problemas relativos à segurança de seus funcionários. Portanto, a questão não pode ser negligenciada na hora de escolher um hotel. Ao optar por uma hospedagem que já oferece os serviços de alimentação dentro de suas dependências, o colaborador não precisará sair à procura de restaurantes ou outros estabelecimentos, comprometendo a sua segurança. 

Optar por um hotel em uma região segura garante proteção interna para o hóspede. Por isso, considere esse fator no momento da escolha. Prefira sempre hospedagens com uma localização mais segura, mas também que ofereça a opção do hóspede se alimentar. Por exemplo, se um funcionário costuma trabalhar até tarde, contar com um serviço de quarto eficiente é uma boa solução após um dia exaustivo. A qualidade e variedade dos alimentos também são indispensáveis. Então verifique as possibilidades.

Escolha hotéis que tenham sala de reunião

As reuniões corporativas também têm ligação com essa questão de como economizar com alimentação em viagens corporativas. Esses encontros, quando realizados no próprio hotel em que o colaborador está localizado, podem representar uma grande redução de custos para a empresa. Além do cardápio disponibilizado, do qual a empresa já tem conhecimento quanto à precificação, o funcionário não precisará se deslocar. O que, além de seguro, ainda evita gastos com transporte.

Saber como economizar com alimentação em viagens corporativas não é difícil. Ao contrário do que se imagina, não é preciso abrir mão de uma alimentação saudável. Hoje, os hotéis oferecem opções variadas, que muitas vezes são mais econômicas do que os restaurantes da região. Aliás, a localização tem um grande impacto na redução de gastos, atente-se aos vários fatores antes de escolher a hospedagem ideal.

Para continuar acompanhando dicas como as que foram apresentadas neste artigo, curta a nossa página no Facebook!